terça-feira, 10 de julho de 2012

E depois? Começaria tudo outra vez...


"(...) mas passou nosso tempo, não podemos negar(...) quero que você viva sem mim(...) depois de aceitarmos os fatos vou trocar seus retratos pelos de outro alguém. Meu bem, vamos ter liberdade para amar à vontade sem trair mais ninguém (...). Ei de ser feliz também depois."

Depois, depois e depois... Marisa Monte foi precisa na escolha desse título, na escrita desta letra, precisão divina. Quantos de nós não vivenciamos vários "depois"? Todos. Uns temem o "depois", mas não tem como nos livrarmos dele, com ele vem a dor, o sofrimento, uma certa solidão. Ou não... depois do "depois" vem a alegria, um sorriso quase esquecido, uma sensação de liberdade há muito não vivenciada.

O fato é que a vida é uma grande sucessão de "depois", mas e aí? O que fazer? O que fazer depois de nossos "depois"? Tenho algo a sugerir: 

"Vida, vamos nós
E não estamos sós
Veja, meu bem 
A orquestra nos espera
Por favor, mais uma vez
Recomeçar" 

Gonzaguinha sugeriu começarmos tudo outra vez e eu, de fato, "começaria tudo outra vez, se preciso fosse, meu amor". 

4 comentários:

  1. Procuramos tanto por algo que chamamos de felicidade, que nessa busca nem percebemos quantas vezes fomos felizes. Queremos tanto o impossível que nem percebemos quantas coisas ainda são possíveis. Sonhamos tanto com os melhores momentos,que só os percebemos quando já se foram.

    ResponderExcluir
  2. e ai me diz você é meu sonho impossível?

    ResponderExcluir
  3. Penso em você, fico com saudade
    Conta pra mim,me diz como eu te encontro?
    Quem sabe eu te encontro por ai....

    ResponderExcluir
  4. Sim meu amor,sou teu sonho possível

    ResponderExcluir

Diz aí... o que pensas?